Golfe no Algarve

Golfe no Algarve

Num país em que o golfe é considerado um dos 10 produtos turísticos mais estratégicos, é múltipla e excelente a oferta em torno da prática deste desporto. Principal destino turístico para a prática do golfe em Portugal, mas ainda suficientemente preservado, para explorar, o Algarve convida para tacadas, mais ou menos peritas, em campos de envolvências paradisíacas.

A história do golfe em Portugal remonta ao final do século XIX, quando a comunidade inglesa instalada na região Porto, então dedicada à comercialização do vinho do Porto, trouxe consigo a sua prática. A criação, em 1890, do «Oporto Niblicks Club», hoje «Oporto Golf Club», e, posteriormente, de outros clubes do género a sul acabou por propagar a modalidade.

Actualmente, o Algarve é o principal destino para a prática do golfe em Portugal. Segundo dados do Turismo de Portugal, representa mais de 45 % da oferta, com 36 campos. A maioria tem os habituais 18 buracos, mas a oferta algarvia inclui também campos de apenas 9 buracos. Esta variedade e complementaridade fazem do Algarve um destino privilegiado, tanto para os praticantes da actividade mais experientes ou profissionais, os chamados «turistas do golfe», como para as famílias e outros perfis de turistas, independentemente do seu handicap.

Foi, de resto, ilustre a criação do primeiro campo de golfe no Algarve, o Penina Golf Course, em 1966, pelas mãos do famoso jogador inglês Sir Henry Thomas Cotton. Sir Nick Faldo, Christy O’Connor Jnr e Frank Pennink são outros reputados arquitectos do golfe algarvio.

O mapa do golfe na região algarvia traça-se, do Sotavento ao Barlavento, pelos concelhos de Castro Marim, Tavira, Loulé, Albufeira, Silves, Lagoa, Portimão, Lagos e Vila do Bispo. Localizados entre a costa e o interior da região, os campos de golfe algarvios beneficiam de excelentes localizações, traçados cuidados, relevos adequados, enfim, todas as configurações topográficas que, associadas ao clima ameno e solarengo que se faz sentir em quase todo o ano, permitem uma prática que pode ser, ao mesmo tempo, verdadeiramente apaziguante e estimulante. Na amplitude de terrenos privilegiados, entre pancadas e buracos, os olhos vão descansando, tanto na linha azul do horizonte de mar como na vegetação variada de tons de verde, das oliveiras e alfarrobeiras, e de rosa, das amendoeiras, a perder de vista.

Quase todos os campos de golfe algarvios estão associados a empreendimentos turísticos de qualidade superior. Academias e clínicas de golfe, mas também todos os serviços envolventes de descanso e lazer, como centros de spa, restaurantes e comércio, são algumas das facilidades ao dispor dos praticantes. Por outro lado, a localização estratégica destes resorts garante o fácil acesso às zonas algarvias de maior animação nocturna e às cidades mais históricas e culturais desta região. Na região do Barlavento algarvio, merecem particular destaque, para além do Penina Golf Resort, em Portimão, o Palmares Beach Golf Resort e o Boavista Golf Resort, ambos em Lagos, o Parque da Floresta Golf & Leisure Resort, na Vila do Bispo, e o Amendoeira Golf Resort em Silves.

No Algarve, a garantia de convivência entre a qualidade, o desempenho e o desenvolvimento sustentável dos campos de golfe é uma constante preocupação. Nesse sentido, em 2008 foi desenvolvida, no seio da Universidade do Algarve, uma «Plataforma de Golfe», que tira partido das práticas de investigação científica aplicada e empreendedorismo desta instituição de ensino superior para oferecer formação e consultadoria e prestar serviços de monitorização e gestão ambiental aos operadores da região.

Mas a articulação com a academia algarvia não fica por aqui. Em 2009 realizou-se no Algarve a 1.ª Edição do Campeonato Europeu Universitário de Golfe, um evento inédito que muito contribuiu para a consagração deste desporto junto dos mais jovens. Sob a égide da European University Sports Association (EUSA), esta competição reuniu atletas oriundos de países como Irlanda, Eslovénia, Suíça, Alemanha, Espanha e Polónia, representando 14 instituições de ensino superior.

Por todas estas razões, o Algarve tem sido apontado, nos mais variados contextos, como um dos melhores destinos do mundo para a prática do golfe. Por exemplo, em 2006 a região foi considerada pela Associação Internacional de Operadores de Turismo de Golfe (IAGTO) o «Golf Resort of the Year». Nesse mesmo ano, foi distinguida com o Top Travel Award, atribuído ao «The Established Golf Destination of the Year», e, em 2008 e 2009, foi galardoada pela reputada revista alemã GOLFmagazin na categoria de «Destino com os Melhores Campos de Golfe da Europa».

Portugal é um dos países candidatos à organização do Ryder Cup 2018, concurso que partilha com a Espanha, a Holanda, a França e a Alemanha. Os concorrentes podem ser fortes, mas nada pára o swing português.

 

Fontes

Amendoeira  Golf  Resort
Boavista Golf Resort
Federação Portuguesa de Golfe
Associação Internacional de Operadores de Turismo de Golfe (IAGTO)
Le Méridien Penina  Golf  & Resort
Oporto Golf Club
Palmares Beach  Golf Resort
Parque da Floresta Golf & Leisure Resort
Plano Estratégico Nacional do Turismo 2006-2015
Plataforma de Golfe da Universidade do Algarve
PortugalGolf.pt
Turismo do Algarve – Golfe

Golfe no Algarve
Necessita mais informação ? +351 282 761 016 | email@luzcar.com
© Luzcar. All Rights Reserved. Powered by moonshapes.pt